sábado, 12 de setembro de 2009

Silêncio


Tua voz era minha paz e meu ruído...

A melancolia golpeia minha alma,
todos os dias voam qual folha sem rumo,
não há luz neste escuro sem ti.

Só tu sabes quem sou
e eu costumava saber quem eras
enquanto teus braços me atavam a tua presença.

Silêncio.
Sem ti só há silêncio.


Estefanía Rodríguez * Tefy Alba


Nenhum comentário: