quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Não te quero ver desaparecer

Desaparecer com cada passo
é o que desejo,
desaparecer porque esses dias
a teu lado estao tao presentes
e apesar de que a chuca
golpeia meu rosto,
só teu silencio dói.

Desaparecer levando-me essa cruz
que pus sobre ti
e que sento sobre minha,
enquanto revejo o mar
de Punta Hermosa.

Desaparecer com meu silencio,
com as folhas que o vento faz dancar,
e voltar-me pó,
voltar-me rosa cheia de espinhas
assim já ninguém poderá tocar-me.

Desaparecer enquanto me olho ao espelho
e já nao me encontro,
já nao há sorrisos
que desenhem algo mais em meu.

Já nao encontro nada neste dia.


Estefanía Rodríguez * Tefy Alba

* 23 Septiembre, 2009


Um comentário:

Sil disse...

Feliz Ano Novo!

É chegado um Novo Ano
Junto a ele encerram-se alguns capítulos
É chegado um Novo Tempo
Cabe a nós fazê-lo realmente Novo.

É tempo de levantar as mãos aos céus e agradecer
Abrir os olhos do coração, reconhecer a luz soberana sobre nós
Receber uma graça especial para trilhar novos caminhos
Acordar os sonhos adormecidos, e pela fé, trazê-los a existência.

É tempo de esvaziar os odres para receber vinho novo
Abrir novas páginas, escrever novas histórias
Multiplicar os abraços, as ações de bondade
Valorizar o outro, almejar o amor, a paz

É Tempo de alcançar o inalcançável
Abraçar os dias com gratidão, alegria e perseverança
Replantar sementes, colher novas flores, novos frutos
Transpor fronteiras com ousadia e firme esperança.
(Arnalda Rabelo)

Saúde...amor...paz...conquistas...sorrisos!!!
Feliz 2010!
Beijuus...
Sil