domingo, 12 de abril de 2009

As vezes ouço o latido deste coração

Se irá minha voz quando o reveja?
Porque o vento abriu uma porta
e um pouco de vida entrou essa vez,
agora em mim, há uma parte dele.

Mas as coisas mudaram
ainda minha vida encerra algo,
levo a recordação em alvo
aqui e a onde vou.

Poderá mudar minha vida um som,
o piano ou uma canção?
Que hoje só ouço o mar
e o vento nas noites.

Luas que me recordam
as noites quase eternas
que passe alguma vez
as estrelas que admirei,
os desejos que pedi
são as noites de minha ontem.

Estefanía * Tefy Alba

Nenhum comentário: